Melhor hospedagem em desconto

7 maneiras de proteger o seu negócio de uma hospedagem web ruim

Evitar uma hospedagem web ruim

Um host confiável mantém seu site no ar e funcionando consistentemente com um downtime (tempo de inatividade do servidor) mínimo; uma hospedagem web ruim, por outro lado, pode prejudicar o seu tráfico, além de fornecer uma má experiência de cliente e de influenciar negativamente no posicionamento do seu site (com impacto no SEO).

Como um homem de negócios inteligente, você deve estar consciente que até os melhores provedores de hospedagem web podem se tornar provedores ruins algum dia, ainda que eles tenham sido ótimos inicialmente. Para quem está investindo em um negócio online, é necessário ficar atento e saber se proteger do seu web host quando necessário. Veja algumas ideias de como fazer isso:

  • Invista em uma hospedagem web que ofereça um período experimental gratuito (o reembolsável)

Empresas de hospedagem web devem fornecer pelo menos um mês de teste grátis aos novos usuários. Se o período for maior, melhor ainda. Uma versão de teste mais longa mostra que a empresa confia na qualidade do serviço que tem a oferecer. Além disso, algumas empresas de hospedagem de sites como a Hostgator Brasil, por exemplo, podem oferecer garantia de devolução do valor pago pelo usuário caso ele esteja insatisfeito com o serviço oferecido após um determinado período de teste. Tenha em mente, contudo, que os provedores que oferecem reembolso são os que geralmente confiam nos seus serviços e raramente recebem um pedido de reembolso por parte dos clientes.

Para saber se isso realmente funciona e se a empresa atenderá suas expectativas, pesquise em rankings como os do melhorhospedagem.com nas opiniões de usuários mais antigos.

  • Registre seu domínio principal com uma empresa diferente

Vários fornecedores de hospedagem web oferecem registro grátis de domínio para quem assina seus pacotes de hospedagem. Contudo, é inteligente gastar R$40 ou R$50 extras para registrar seu domínio principal em uma empresa diferente, a exemplo do registro.br o com bons descontos na Godaddy. Uma boa ideia é deixar para usar o serviço de domínio grátis para sites secundários, para testar planos de hospedagens ou estratégias de SEO. Dessa forma, caso você precise trocar de empresa de hospedagem por algum motivo, seu domínio não estará preso e você não perderá as milhares de horas de trabalho que levou para construir o tráfego do seu site.

É muito mais fácil migrar para um provedor novo quando o domínio está registrado em uma empresa diferente. Por exemplo, você não precisará esperar para que sua empresa de hospedagem libere seu domínio para migração, o que pode demorar um pouco, já que eles estarão perdendo uma parte do negócio com você. Se você já registrou seu domínio com o provedor de hospedagem, não precisa entrar em pânico. Você pode transferir seu domínio. Algumas empresas de hospedagem oferecem um passo a passo de como fazer essa transferência sem grandes transtornos para seu site.

  • Compare recursos e preços de outras empresas de hospedagem

Como dono de um negócio online, você precisar escolher a melhor opção possível. Para garantir isso, compare recursos e preços, além de pesquisar opiniões de usuários que já hospedam seus sites e blogs com essas empresas. Reserve tempo para fazer uma pesquisa cuidadosa, assim, as chances de você se decepcionar mais tarde serão menores. Aqui, no Melhor Hospedagem, divulgamos rankings das melhores empresas do Brasil e do exterior, segundo as opiniões dos nossos especialistas e de usuários reais.  

Para ajudar na sua decisão, faça perguntas como: existe uma opção melhor entre as empresas dessa categoria? Esse provedor de hospedagem é muito caro ou muito barato? Esse recurso é realmente necessário para o meu negócio? Como está a reputação dele nos comentários de usuários no Brasil. Vendo isso, você consegue se direcionar melhor e tomar uma decisão mais assertiva.

  • Faça o backup do seu site regularmente

Uma das maiores catástrofes que o dono de um site pode enfrentar é uma pane ou a perda total de dados. Independente de isso ser causado por hackers ou por questões do servidor, perder tudo o uma parte do seu trabalho pode acarretar também perda de dinheiro e de tempo. Para evitar isso, sempre faça o backup do seu site, não importa qual seja a sua empresa provedora de hospedagem. Faça isso regularmente. Se você usa o WordPress, há inúmeros plug-ins e serviços baratos que podem fazer esse trabalho automaticamente para você. Pense que esse esforço garantirá a continuidade do seu negócio caso algo de ruim aconteça.

  • Monitore o uptime do seu site

Monitorar o tempo que o seu site fica no ar por conta própria é a única forma de realmente saber se sua empresa de hospedagem está entregando os 100% de uptime prometidos. Enquanto algumas empresas terão algum downtime quando forem realizar um upgrade ou resolver alguma questão no servidor, as melhores provedoras do mercado possuem um downtime muito baixo, para garantir que seu site esteja no ar 24 horas por dia.  Para realizar esse monitoramento da disponibilidade, utilize ferramentas existentes no mercado, a exemplo do UpTime Robot o Pingdom.

Painel do Uptime Robot

Exemplo de monitoramento do Uptime no painel da Uptime Robot

 

  • Utilize senhas fortes e altere-as com frequência

Os hackers estão cada vez mais espertos, então garantir segurança reforçada a um endereço não é mais suficiente. Em uma situação hipotética, um funcionário de uma empresa de hospedagem pode ser demitido, se sentir injustiçado e levar consigo as senhas dos clientes. De pose delas, ele pode decidir vende-las ou usá-las. Para evitar riscos, siga as instruções abaixo:

– Utilize senhas que não são fáceis de decifrar ou de serem adivinhadas. Invista em combinações de letras, números, símbolos especiais e caracteres maiúsculos e minúsculos.

Altere suas senhas com frequência para evitar situações como a citada acima.

– Mantenha bons softwares antivírus no seu computador e confira se eles estão atualizados. Isso irá manter os hackers longe do seu computador, arquivos e senhas

Usa um serviço anti-malware (como a SiteLock) para proteger os arquivos e banco de dados no seu servidor web

Pior senha na internet

As cinco piores senhas em 2015 são: #1 123456, #2 senha, #3 12345 #4 12345678, e #5 QWERTY

  • Mantenha sua cabeça aberta a novas opções

Optar por determinada empresa de hospedagem web não significa que você terá de ficar com ela para o resto da vida. Há casos em que provedores começam muito bem e, depois de um tempo, começam a perder qualidade. Às vezes, alguns dos web hosts crescem muito rápido ou têm que atender mais demandas do que podem suprir e, no final, quem acaba sofrendo é o usuário. Tenha em mente que, diante de situações como essas, mudar seu servidor não é um problema de outro mundo. Algumas empresas, inclusive, oferecem esse serviço de migração de forma gratuita. Se feita de maneira correta, essa transição não deve ter efeito negativo para o seu site.
O importante é estar sempre de olhos abertos quando o assunto é a hospedagem do seu negócio online. Ao ficar preso em um provedor ruim, você desperdiça seu trabalho e também seu investimento. É importante o dono de um site saber que a qualidade da sua hospedagem pode influenciar inúmeras questões do seu site, como velocidade de carregamento, disponibilidade e, consequentemente, suas estratégias de SEO. Veja nosso previo artigo como seu posicionamento pode ser atingido por um servidor ruim e aprofunde seus conhecimentos em hospedagem de sites. No final, o seu negócio será o mais beneficiado.

Apaixonados por tecnologia, analisamos e comparamos as diferentes empresas e planos de hospedagem de sites. Estamos sempre buscando as últimas notícias e dicas para compartilhar com nossos leitores.
We will be happy to hear your thoughts

Deixe uma resposta